Você já ouviu falar em formação dual ou sistema dual de ensino?

Quando chegamos ao final da graduação, sonhamos em trabalhar com aquilo que escolhemos para nossa trajetória profissional e, obviamente, esperamos ser bem remunerados por isso. Saímos então em busca de colocações no mercado e, muitas vezes, nos frustramos. A dificuldade de inserção no mercado de trabalho acontece pois as empresas geralmente buscam, além de qualificação, experiência profissional.

Como resolver esta equação, ser bem qualificado e ainda ter experiência no mercado de trabalho? Como podemos nos tornar mais competitivos e aumentarmos nossa empregabilidade? O ensino dual pode ser a solução, na medida em que é conhecido por ser uma metodologia inovadora que traz o mercado de trabalho para dentro da formação durante os estudos. Esta metodologia também é conhecida como aprendizagem em alternância ou “learning by doing”.

Na Alemanha, o sistema dual de ensino permite conciliar a formação acadêmica com a prática no ambiente de trabalho de maneira a criar profissionais completos. Esse sistema de ensino existe há mais de 100 anos e vem sendo reproduzido em diversos países do mundo.

Mas no que o sistema de formação dual se difere dos estágios tradicionais? A diferença principal é que no sistema de formação dual, as empresas fazem parte da construção dos currículos escolares. Isto é, durante a criação currículo, há uma colaboração entre docentes e profissionais para incluir os conteúdos que serão importantes para a prática profissional. A participação dos empregadores na criação do currículo escolar é primordial para o sucesso do sistema dual de ensino, uma vez que visa “ao desenvolvimento de competências e qualificações profissionais de elevada qualidade e adaptadas ao mercado de trabalho” (MACEDO et al, 2019). 

A combinação de conhecimentos teóricos e experiência profissional prática é muito valorizada pelas empresas mundo afora e a digitALE, juntamente com a Universidade Steinbeis na Alemanha, está oferecendo uma oportunidade inédita no Brasil.

Graduados nas áreas de TI, Ciências da Computação, Engenharias e Mecatrônica podem se inscrever no Pré-Mestrado para se prepararem para o mestrado dual na Alemanha, que conta com a parceria de mais de 50 empresas de credibilidade internacional, incluindo a Mercedes-benz.io. O Pré-Mestrado constitui-se de um módulo em inglês na área de gerenciamento intercultural, além de um curso de alemão com a digitALE até o nível B1.

Se você se interessou pelo assunto e gostaria de ter mais informações, visite o site https://campanha.digitalebrasil.com.br/steinbeis e assista ao evento informativo que acontecerá no próximo dia 21 de julho, às 12h30, pelo Zoom, com a digitALE e a Universidade Steinbeis. O link de acesso será divulgado na semana do evento, nas redes sociais da digitALE.

Fontes:

Macedo, Filipe; Maia, Rui; Magalhães, Paula. (2019). O Sistema Dual no Ensino Superior: Perspetivas e Avaliação dos Benefícios na sua Implementação. Disponível em: <http://www.theoriacongresos.com/poio2019/comunicaciones/posters-e/ver-poster/f77dfb9276368a4ad756b106eb12c4cf>. Acesso em: 23 jun 2022.

Blog Saraiva Educação. Saiba o que é o ensino dual e como pode ser aplicado na educação superior. Disponível em: <https://blog.saraivaeducacao.com.br/ensino-dual/>. Acesso em: 25 jun 2022.

Redação BrasilAlemanha News. Formação Dual e sua aplicação no Brasil. Disponível em: <https://brasilalemanhanews.com.br/coluna-em-destaque/formacao-dual-e-sua-aplicacao-no-brasil-2/>. Acesso em: 25 jun 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.